df.abra

Restaurantes de todo o país podem se inscrever até segunda-feira (26). Interessados devem procurar a Abrasel no seu estado ou região

O título de “melhor no que faz” pode significar muito para a divulgação de um negócio. Principalmente se for um troféu nacional, com o respaldo de instituições que são referência no setor. Essa é a oportunidade que centenas de restaurantes terão ao participar da 3ª edição do O Quilo é Nosso, concurso que elegerá o melhor restaurante de comida a quilo no Brasil por meio do voto popular e da avaliação de um júri especializado. Esse ano, uma novidade dá um gostinho a mais aos finalistas: a última etapa, que revela o grande campeão, será realizada em São Paulo com transmissão ao vivo para todo País. As inscrições se encerram na próxima segunda-feira, dia 26, e os restaurantes interessados em participar devem entrar em contato com a Abrasel no seu estado ou região.

No país, a modalidade de comida a quilo impera entre os restaurantes, aponta uma pesquisa do Sebrae divulgada em 2016. Esse tipo de negócio é uma criação genuinamente brasileira, surgido em Belo Horizonte na década de 1980. Com objetivo de valorizar esse segmento, que faz parte da vida de milhões de brasileiros diariamente, a Abrasel lançou o concurso O Quilo é Nosso, realizado em parceria com a revista Prazeres da Mesa, com patrocínio da Sodexo.

“Recebemos um feedback muito positivo dos empresários sobre as duas edições já realizadas porque o concurso O Quilo é Nosso veio preencher uma lacuna que existia no setor, de valorização dos negócios de comida a quilo. Estamos trabalhamos com muita dedicação para que o evento seja ainda melhor este ano”, afirma Paulo Nonaka, presidente do Conselho de Administração da Abrasel.

Além de poder ganhar a chancela de melhor do Brasil, os estabelecimentos participantes têm no concurso uma oportunidade de lançar pratos diferentes, criar promoções, divulgar o restaurante, escutar e se relacionar melhor com os clientes, incrementar as vendas e ganhar mídia espontânea nas redes sociais e imprensa de todo País.

“O concurso é uma ótima maneira de valorizar o segmento de comida por quilo no Brasil. Além disso, a Sodexo entende que apoiar este tipo competição reforça para seus consumidores a importância da adoção de uma alimentação saudável, promove a melhoria constante dos serviços oferecidos por seus parceiros comerciais e aumenta rentabilidade dos restaurantes participantes”, reforça Antônio Aguiar (Tombé), diretor de Estabelecimentos da Sodexo Benefícios e Incentivos.

Como funciona?

Para participar, as casas têm que criar uma receita especial, que deve ser oferecida ao público durante todo o período do concurso, que esse ano acontece de 17 a 26 de setembro.

1ª ETAPA

A primeira fase do concurso define os classificados de cada região para concorrer ao título estadual. Este ano, o peso da decisão será dividido entre voto popular e júri técnico. Durante o evento, os estabelecimentos participantes serão avaliados nos seguintes quesitos: ambiente, atendimento, limpeza, qualidade geral do buffet e receita, sendo que este último critério tem peso dobrado na nota final. O público registra os votos pelo site do evento (oquiloenosso.com.br). Já o júri técnico fará sua avaliação durante visitas ocultas aos restaurantes. Somados os resultados, os três estabelecimentos que obtiverem as maiores pontuações seguem para a próxima etapa.

2ª ETAPA

Neste segundo momento, será escolhido o vencedor estadual dentre as três casas classificadas. A decisão é 100% do júri técnico, baseada nos mesmos critérios da primeira fase.

3ª ETAPA

Hora de definir o grande campeão! Os vencedores de cada estado seguem para São Paulo, onde vão preparar a receita para uma banca de jurados, escalada pela revista Prazeres da Mesa. Nessa avaliação, chefs e especialistas em gastronomia vão avaliar o prato apresentado. Tudo será transmitido ao vivo para todo Brasil pelas redes sociais.

Os vencedores do concurso ganham prêmios como divulgação nos canais de comunicação da Abrasel e da Prazeres da Mesa, certificados e placas de vencedor, ingressos para o Congresso da Abrasel e Fórum Gestão à Mesa.

Marcelo Soares, sócio-proprietário do Tia Zarica, restaurante campeão em Minas Gerais na última edição, reforça que os frutos do concurso são colhidos até hoje. “Conseguimos um aumento de 10% no movimento de clientes na casa durante O Quilo é Nosso. Então trabalhamos bastante na divulgação do prêmio para fidelizar esse público, expandir nossa marca e criar valor para os consumidores. Hoje, o nome Tia Zarica é ainda mais conhecido pela cidade, e isso se deve ao concurso da Abrasel”, diz.

O restaurante Gaúcho’s Gourmet, do Amazonas, é o atual detentor do título de melhor restaurante a quilo do País, tendo conquistado em 2018 o bicampeonato para o estado. Para o sócio-proprietário do estabelecimento, Paulo Medeiros, ter vencido um concurso de abrangência nacional foi uma surpresa. “Estamos no segmento desde 2016 e participamos pelo incentivo da Abrasel. Nosso chef se preocupou em criar um prato que destacasse todos os sabores da região”. A receita elaborada foi o “Lombo de pirarucu à Solimões”, que levava lombo de pirarucu fresco recheado com jambu acompanhado de farofa de camarão seco e rolê de banana frita. “Escolhi o lombo do pirarucu como matéria-prima por considerar ela a mais nobre parte do peixe que melhor representa o norte do País e, felizmente, deu tudo certo”, comemora o chef André Rocha.

Informações e inscrições: www.oquiloenosso.com.br

Acompanhe também as novidades no Instagram no evento @oquiloenosso

Comentários